Corpo de Deus – Coca de Monção

As festividades do Corpo de Deus – Coca de Monção realizam-se anualmente, em junho, na vila de Monção. Combinam elementos religiosos e populares, numa das mais distintivas e antigas tradições da região.

A festividade centra-se na celebração do Corpo de Deus e ganha um carácter especial com a figura da “Coca”, um dragão que simboliza o mal e que é protagonista de um ritual único.

O ponto alto das festas é a procissão solene que acontece pelas ruas da vila. Segue-se o combate entre o S. Jorge e a Coca. Neste espetáculo, o cavaleiro que representa S. Jorge enfrenta a Coca, simbolizando a luta entre o bem e o mal. Esta encenação é acompanhada por grande entusiasmo popular e simboliza a vitória do bem sobre o mal, com S. Jorge saindo invariavelmente vitorioso, reforçando assim a mensagem de que um ano próspero se anuncia.

Além da procissão solene e do combate, as festas incluem normalmente arruadas, espectáculos de rua, workshops, concerto da Banda Filarmónica de Monção e o Cortejo Etnográfico das Freguesias.

A Coca de Monção é mais do que uma mera festa religiosa; é um património cultural que reúne a comunidade em torno de tradições seculares, promovendo o convívio e a identidade local.

Monção é uma vila portuguesa cheia de história com muito para ver, Praça Deu-la-Deu, os Passadiços, Museu do Alvarinho, Igreja Matriz, Igreja da Misericórdia, Museu Monção e Memórias, Antiga estação Ferroviária, Porta do Rosal, Porta da Salvaterra, Miradouro dos Néris, entre outros.

Deixe um comentário